quinta-feira, 21 de março de 2013

Oscar Niemeyer


Oscar Niemeyer


Carioca nascido em  15 de dezembro de 1907  terminou o ensino secundário com 21 anos. Um ano depois, em 1929 se matriculou na Escola Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro. Em um prazo de 5 anos  saiu formado como engenheiro arquiteto.

Em 1936, o escritório onde Niemeyer trabalhava foi chamado para projetar o novo edifício do Ministério da Educação e Saúde, e Lúcio Costa montou uma equipe de arquitetos que contavam com o grande arquiteto franco-suíço Le Corbusier (1887 – 1965) que era o grande ícone do Modernismo.

          Em 1956, o presidente eleito,  Juscelino Kubitschek, chama Niemeyer para o seu projeto mais ambicioso, a nova capital do Brasil. É aberto um concurso de urbanismo para a nova capital e o vencedor é o antigo chefe de Niemeyer, Lúcio Costa. Em poucos meses ele completa o projeto dos prédios da cidade, o Palácio da Alvorada, o Congresso Nacional, a Catedral de Brasília, os prédios dos ministérios, o Palácio do Planalto além dos prédios residenciais e comerciais. Niemeyer e Lúcio Costa aproveitaram para pôr em prática os conceitos modernistas de cidade: ruas sem trânsito, prédios erguidos por pilotis, integração com a natureza.

Brasília foi construída e inaugurada em 4 anos período de um mandato presidencial, Niemeyer tornou-se coordenador da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Brasília (UnB).

Em seu centenário, Niemeyer recebeu a mais alta condecoração do governo francês pelo conjunto de sua obra, o título de Comendador da Ordem Nacional da Legião de Honra. Vladimir Putin, presidente da Rússia, conferiu-lhe a condecoração da Ordem da Amizade no dia 14 de dezembro. No mesmo ano de 2007 o Iphan tombou 35 obras do arquiteto, das quais 24 foram selecionadas por Niemeyer. No mesmo ano também iniciou as obras do seu primeiro projeto na Espanha: um centro cultural com o seu nome, Centro Niemeyer, em Avilés, Astúrias. Do projeto consta de cinco peças separadas e complementares: praça, auditório, cúpula, torre e um edifício polivalente.

Niemeyer morreu em 05 de dezembro de 2012, no Rio de Janeiro com 104 anos.




Obra da Semana: Palácio Congresso Nacional Brasileiro (Palácio Nereu Ramos)


A sede do Poder Legislativo brasileiro é um conjunto de construções onde se destacam as duas cúpulas representando os plenários: a maior (convexa), onde está o plenário da Câmara dos Deputados, e a pequena (côncava), que abriga o plenário do Senado Federal.





                                                               Oscar Niemeyer

Um comentário:

kenia disse...

Essa profesora,madre y mujer
é muito bonita,sempre está na moda
y ama español,no?!